♪♪ = Música e Saúde 3?

. sexta-feira, 21 de março de 2008

Música de Mozart ajuda a curar doenças graves, dizem pesquisadores.

da Ansa, em Londres


Especialistas do Instituto de Neurologia de Londres afirmam que a música de Wolfgang Amadeus Mozart (1756-1791) pode funcionar melhor que remédios tradicionais no tratamento de diversos males, até mesmo de doenças complexas como a epilepsia.

Segundo artigo publicado nesta quarta-feira (19) no jornal inglês "Independent", os pesquisadores suspeitaram das qualidades terapêuticas da obra do compositor austríaco quando trataram um paciente de 46 anos que sofria de graves ataques epilépticos e não havia reagido bem a sete tipos de terapias (à base de remédios avançados), e nem mesmo a uma intervenção cirúrgica no cérebro.

Após uma acentuada e inexplicável melhora, os médicos descobriram que o paciente havia começado a escutar a música de Mozart durante cerca de 45 minutos por dia e que seu bem-estar vinha deste novo hábito.
A Universidade de Illinois (Estados Unidos) também relatou, após o caso do paciente inglês, uma situação parecida envolvendo uma criança portadora da síndrome de Lennox-Gastaut (variante rara da epilepsia).
Inteligência

Seguindo os indícios, os médicos descobriram que "doses" de Mozart aumentariam a capacidade matemática e visual, reduziriam o estresse e dores de artrite, além de produzir efeitos positivos no coração e em fetos, no caso de gravidez (estimulando o cérebro do bebê).
Em testes com ratos e carpas, verificou-se melhora no senso de orientação e humor (especialmente com as notas de "Eine Kleine Nachtmusik") - veja o vídeo abaixo.




A causa dos efeitos ainda não é tão clara, mas muitos especialistas afirmam que a zona do cérebro que recebe e processa a música é a mesma da percepção espacial, por exemplo. Os estímulos provocados pela complexa e refinada música de Mozart, sobretudo a sonata K448, teriam, portanto, um impacto benéfico na massa cinzenta, organizando e estimulando células nervosas precárias, em um processo comparável a impulsos elétricas.

Em testes com voluntários humanos, verificou-se que, ao escutar a sonata K448 para dois pianos, o quociente de inteligência do grupo cresceu entre oito e nove pontos. Pacientes que foram expostos à sonata de Mozart durante dez minutos conseguiram melhorar sua coordenação motora, em atividades como corte e dobra de papel. Sobre a exclusividade da música de Mozart, e não de outros compositores, os médicos arriscam que as composições do austríaco trazem uma peculiar técnica de construção musical, baseada em temas circulares com intervalos fixos e variações moduladas do motivo principal.



Tire alguns minutinhos de sua vida e experimente escutar a sonata K448 ou a conhecidíssima Eine Kleine Nachtmusik (não precisa fazer dobraduras em papel depois, haha...) e verá a sensação maravilhosa de bem-estar. Que aprendamos a admirar a música clássica.


Leia mais sobre o assunto em: Veja e BBC Brasil.

Veja mais sobre assuntos relacionados:

8 comentários:

LUCAS DE OLIVEIRA disse...

gostei da reportagem...
gostei do blog...
gostei do vídeo...

por um acaso, o q vc toca?
Eu toco violino e piano!

Sempre gostei de orquestra..
queria qqr dias desses, assistir uma orquestra sinfônica ao vivo...

...

estou adicionando vc nos meus amigos lá no meu blog...

me adicione ai tbem!


abçs

http://lucasjdeoliveira.blogspot.com/

ED CAVALCANTE disse...

EU ACREDITO QUE A MÚSICA CURA, MAS EU DEFENDO A TESE DE QUE A MÚSICA QUE TE FAZ BEM É A MÚSICA QUE VC GOSTA. SEJA MOZART OU LUIZ GONZAGA, NÃO IMPORTA, SE VC ESCUTA UMA MÚSICA QUE JULGA DE BOA QUALIDADE ISS É UMA TERAPIA!

nanaxinha_dk disse...

Concordo com o comentário feito aqui já, qualquer tipo de música pode curar, especialmente a que voce gosta né! MAS, boa reportagem...gostei :D

Euzer Lopes disse...

É fato.
Música é remédio.
Aliás, acho que deveria ter um alto-falante em todas as salas de espera de qualquer hospital.
Isso contribuiria para auxiliar pacientes no seu atendimento.

Anônimo disse...

Euzer, auto-falante não digo, mas, cada vez se torna mas presente profissionais de Musicoterapia em clínicas e hospitais.

squirrel disse...

Muito foda,
ai por isso a cada dia eu amo muito mais a musica


bjs

Tinker Bell. disse...

haha, valeu pela visita, e pela opnião!
aah eu curti essa reportagem sobre o beneficios da musica, eu ja tinha até ouvido falar sobre algo assim...
Beijos @:

Magazine ÓPe disse...

Passando pra agradecer a visita e comentário no meu blog! Abração

Menu

Postagens Recentes

Quem está Online?

Vídeo

Vou sempre colocar aqui algum vídeo musical interessante que eu encontrar no youtube. Esse é o terceiro vídeo que coloco aqui, o The Voca People que estarão aqui em Porto Alegre, direto de Tel Aviv: