♪♪ = O que é MIDI?

. domingo, 3 de fevereiro de 2008

Midi (Musical Instrument Digital Interface) é uma sigla que significa Interface Digital de Instrumentos Musicais. Na prática, transforma a música real, a que foi gravada com instrumentos MIDIS, em partituras, onde o computador se encarrega de ler e tocar as músicas para você com todos os instrumentos que você escolheu. Você pode, com isso, até mesmo, compor suas músicas colocando o instrumento que desejar da maneira que melhor achar. Com isso, é certo garantir que os MIDIS são uma poderosa arma para você que é músico ou um simples amante da música em geral.

No seu objetivo real a utilidade da interface MIDI é tanta e ele chegou para auxiliar o processo de criação e gravação musical que ele é usado pelos produtores musicais das grandes gravadoras para artistas e grupos de todos os gêneros, como também pelos criadores de música para cinema, TV, multimídia, compositores eruditos e produtores de todas as formas de música eletrônica.
A Interface MIDI foi feita, a princípio, para transmitir informações de um instrumento para outro. Com isso, é possível conectar via "MIDI", um ou mais instrumentos e fazer com que as notas tocadas em um deles sejam tocadas também nos demais.

Em resumo, uma ferramenta de composição, arranjo e produção musical. Mas, tem outras utilidades, como a edição de partituras e a sincronização de gravadores e mesas automáticas, até mesmo controlar um show de luzes baseado nas freqüências sonoras, mas o seqüenciamento dos arranjos é a sua função mais abrangente. Sem realmente gravar o som dos instrumentos, o seqüenciador MIDI registra tudo o que o músico toca e depois é o próprio seqüenciador que “toca” os instrumentos. O seqüenciador pode então executar a mesma música ou seqüência MIDI em qualquer outro instrumento MIDI. Neste caso, o som que ouvimos é o do novo instrumento, já que o seqüenciador não registrou o timbre, por assim dizer, mas as notas tocadas. Se a música seqüenciada for executada no sintetizador de uma SoundBlaster, terá o som de uma SoundBlaster. A mesma seqüência MIDI executada num sampler ou sintetizador de primeira linha terá uma qualidade sonora muitas vezes superior.

Os componentes fundamentais do estúdio MIDI são três: o controlador, o seqüenciador e o gerador de som.
O controlador é o teclado ou a guitarra MIDI que o músico efetivamente toca. Podemos adicionar as notas até com o mouse e o teclado do computador, mas também temos violinos MIDI da Zeta, saxofones MIDI da Yamaha e captadores/conversores MIDI da Roland para a sua guitarra. Cada músico usa os controladores mais adequados à sua técnica instrumental.
O seqüenciador é o “gravador” das informações MIDI. Ele registra o que é tocado, edita e executa o material no gerador de som. Podemos usar os seqüenciadores físicos, as groove boxes e as baterias eletrônicas. Os programas de computador são mais confortáveis e completos e menos portáteis. O Cakewalk Sonar, o Steinberg Cubase, o Logic e o Digital Performer são os mais usados.
O gerador de som é o sintetizador ou o sampler. É o próprio som do sistema MIDI. Além de todos os modelos já citados, em forma de teclados ou racks, contamos hoje em dia com excelentes programas sintetizadores e samplers virtuais. Com uma placa de som de qualidade, dispomos do GigaSampler ou do GigaStudio da Tascam/Nemesys e de inúmeros sintetizadores que, efetivamente, transformam nossos computadores em estúdios completos.

Se alguém quiser um CD mais de 40.000 midis, stylos para teclados, além de muitos outros programas úteis para conversão de arquivos e para partituras entre em contato que poderei enviar para vc. Consulte os custos de envio pelo meu email gesielsvargas@yahoo.com.br ou no formulário deste blog.

Menu

Postagens Recentes

Quem está Online?

Vídeo

Vou sempre colocar aqui algum vídeo musical interessante que eu encontrar no youtube. Esse é o terceiro vídeo que coloco aqui, o The Voca People que estarão aqui em Porto Alegre, direto de Tel Aviv:

Arquivo

Contato


Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem:


Pesquise Neste Site

Pesquisa personalizada